Transformar Health

Descubra mais sobre

Psicologia Clínica e Psicoterapia

Avaliação e intervenção psicológicas com crianças, jovens, adultos, idosos, casais e famílias.
Direção Clínica: Filipa Jardim da Silva (n.º cédula profissional: 10649).

Diferenciação

Terapia de casal, Terapia Familiar, Hipnose Clínica, EMDR, IFS, Coaching Psicológico, Aconselhamento Parental, Consultoria Educacional

Formato

Online e presencial

Público

Crianças, jovens e adultos

Idiomas

Português, Inglês e Espanhol

Psicologia Clínica e Psicoterapia

O que importa saber?

O que é?

Processo assente em evidência científica e assegurado por um profissional de saúde mental.

 

Como funcionam as sessões?

Sessões ajustadas aos seus objetivos, em formato online ou presencial.

 

O que pode ser trabalhado em sessão?

Muitas dimensões do funcionamento humano podem ser trabalhadas eficazmente em psicoterapia.

 

Quais as dúvidas mais comuns?

Respostas claras, para que possa decidir de forma informada.

 

Descubra mais

O que é Psicologia Clínica / Psicoterapia?

A intervenção psicológica assume-se como uma linha primordial de tratamento para o sofrimento psicológico, autoconhecimento e potenciação de bem-estar integrado. 

Existem dezenas de abordagens e áreas de atuações, com o objetivo de recuperar a saúde e promover competências pessoais e sociais.

O coletivo de profissionais da Transformar privilegiam uma abordagem psicoterapêutica integrativa, em que se conjugam técnicas complementares e abordagens, ajustadas a cada caso, como a intervenção Cognitivo Comportamental Integrativa, o EMDR, o IFS, a terapia somática, o mindfulness, a terapia sistémica, a terapia da compaixão e a terapia focada nas emoções.

Sessões

Como funcionam?

Formato

Online e Presencial (em Lisboa, Mafra, Casal de Cambra, Quinta do Conde, Setúbal e Porto).

Horário

Segunda a sexta entre as 9h e as 21h e sábados entre as 9h e as 18h.

Consultas apenas com marcação prévia.

Duração

Sessões individuais: 50 a 60 minutos aprox. 

Sessões conjuntas (ex. aconselhamento parental, terapia de casal ou familiar): 1h15 a 1h30 aprox.

Investimento

Psicoterapia individual: 58€

Aconselhamento parental: 75€

Terapia de casal: 80€

Terapia familiar: 110€

Regularidade

Sessões individuais: semanal ou quinzenal // Sessões conjuntas (pais, casais, famílias): quinzenal a mensal.

Frequência definida de forma colaborativa, em função dos objetivos, necessidades e disponibilidade. 

Marcação

Agende a primeira sessão ou esclareça as suas dúvidas através dos contactos info@transformar.pt, (+351) 966 715 999 ou preencha o nosso formulário.

Poderá selecionar um profissional à sua escolha e ter apoio da Direção Clínica num encaminhamento personalizado.

Informe-se

O que pode ser trabalhado em sessão?

Seja numa situação de mal-estar psicológico, seja com o objetivo de potenciar recursos e competências pessoais e pessoais, muitas dimensões do funcionamento humano podem ser trabalhadas eficazmente em psicoterapia.

Regulação <br /> de Humor
  •  Fobias
  • Perturbação de pânico
  • Insatisfação global no dia a dia e desmotivação
  • Oscilações de humor ou humor depressivo
  • Dificuldades de concentração
  • Irritabilidade
Gestão de Stress, Burnout e Ansiedade
  • Ansiedade elevada e problemas associados (hipervigilância ao corpo, evitamento de actividades ou de locais, comportamentos)
  • Dificuldades na gestão de stress, exaustão física e emocional (burnout)
ORIENTAÇÃO VOCACIONAL E PROFISSIONAL
MUDANÇA E GESTÃO DE ACONTECIMENTOS
  • Dificuldades de adaptação a situações de vida desafiantes (problemas de saúde, conflitos conjugais ou familiares, mudança/perda de emprego, parentalidade, luto)

  • Dificuldade na tomada de decisões

FERTILIDADE, GRAVIDEZ, PÓS-PARTO E PARENTALIDADE
DIFICULDADES RELACIONAIS
  • Dificuldades de comunicação

  • Isolamento ou agressividade

  • Conflitos conjugais e/ou familiares

  • Dificuldades de integração

AUTOESTIMA, COMPORTAMENTO ALIMENTAR E AUTOIMAGEM
  • Distúrbios do comportamento alimentar (restrição ou compulsão alimentar, obsessão por comida saudável)
  • Problemas de peso e mal-estar psicológico
  • Distorção de imagem corporal, relação insatisfatória com o corpo
  • Auto-crítica elevada e perfeccionismo
  • Dificuldade em priorizar-se
  • Sentimento de inferioridade
  • Dificuldades de afirmação pessoal
FOCO E CONCENTRAÇÃO, PRODUTIVIDADE E GESTÃO DE TEMPO
  •  Apoio na definição de prioridades
  • Implementação de hábitos
  • Criação de uma rotina produtiva e sustentável
  • Melhorar os níveis de foco e concentração
  • Combater a procrastinação

Faqs

Quais as dúvidas mais comuns?

Respostas claras às suas perguntas para que possa decidir de forma informada.

SE POSSO FALAR COM UM AMIGO GRATUITAMENTE, PARA QUÊ PAGAR PARA CONVERSAR COM UM ESTRANHO?

O apoio de um amigo de confiança é importante, mas bastante diferente de um apoio de um profissional de saúde.

Por um lado, a proximidade das relações pessoais influencia o tipo de partilha feito. Por outro lado, cada pessoa tenderá a dar opiniões e conselhos que são pessoais, de acordo com os seus valores e perspetivas.

Um psicólogo é uma pessoa idónea e imparcial que, com base no seu treino profissional, capacidade de escuta ativa e relação empática que desenvolverá em terapia, irá criar um espaço único à compreensão das dificuldades presentes e à criação de soluções.

Enquanto a partilha com um amigo ou familiar poderá ser um momento de suporte, em que ele vai sugerir soluções, a psicoterapia assume-se como um processo de construção de caminhos que levam aos objetivos pretendidos, respeitando a liberdade pessoal, fomentando autonomia emocional e adaptação a várias fases da vida.

PRECISO ANALISAR A MINHA INFÂNCIA? ACHO UMA PERDA DE TEMPO FALAR SOBRE O QUE JÁ PASSOU.

Existem muitas abordagens de psicoterapia: umas mais focadas na análise do passado, outras mais centradas no momento presente. Seja como for, o processo psicoterapêutico será sempre construído entre psicólogo e paciente, pelo que nada é imposto contra a sua vontade. 

Importa lembrar que somos uma construção de experiências e aprendizagens, pelo que será sempre muito útil compreender como estamos a contar a nós mesmos a nossa história de vida e quais os eventos mais significativos. 

Clarificando as vivências mais impactantes do passado e a sua influência no que hoje somos, é possível mudarmos mais efetivamente padrões emocionais e relacionais no momento presente.

PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA OU MUITO PRÓXIMAS PODEM PARTILHAR O MESMO PSICÓLOGO?

Para salvaguardar a isenção do profissional e garantir um espaço de segurança e confidencialidade, não é aconselhado que pessoas do mesmo núcleo familiar ou muito próximas partilhem do mesmo psicólogo clínico.

POSSO REALIZAR DOIS ACOMPANHAMENTOS PSICOLÓGICOS EM SIMULTÂNEO?

Pelas especificidades deste trabalho, não é possível decorrerem dois processos psicoterapêuticos em simultâneo.

Caso não esteja totalmente satisfeito com o seu processo psicoterapêutico, é importante que partilhe as suas inquietações com o seu terapeuta. Se quiser ouvir uma outra opinião, deverá informar o seu terapeuta da sua intenção. 

QUANTO TEMPO DURA UMA PSICOTERAPIA?

Sendo cada processo psicoterapêutico único e personalizado, não existe uma duração geral predefinida. O tempo de uma psicoterapia é variável e dependerá de fatores como o perfil psicológico do paciente, os objetivos que se pretendem trabalhar, a cronicidade das queixas e a complexidade da situação. 

Ainda assim, espera-se que desde a primeira sessão se observem ganhos terapêuticos do processo, sendo um processo que assenta em ciência.

TUDO O QUE CONTO AO MEU PSICÓLOGO É CONFIDENCIAL?

Os psicólogos clínicos balizam toda a sua atividade ao abrigo de condições rigorosas de sigilo e confidencialidade. A não manutenção da confidencialidade pode justificar-se apenas em três exceções: quando os atos do cliente se possam configurar como de perigo para si próprio ou para terceiros, ou quando puder estar em perigo face a terceiros. Sempre que se justificar, a confidencialidade e as suas limitações poderão ser discutidas com o seu terapeuta.

DEVO CONSULTAR UM PSICÓLOGO OU UM PSIQUIATRA?

Psiquiatras e psicólogos trabalham, frequentemente, em parceria, pelo que, quer consulte um psicólogo ou um psiquiatra, terá a possibilidade de avaliar a sua saúde psicológica e ser-lhe-á apresentado um plano de intervenção.

O psiquiatra, vindo da área da medicina, avalia o paciente com base nos princípios médicos e está apto a prescrever medicação caso tal se justifique, bem como a encaminhar para outras especialidades.

O psicólogo, vindo da área da psicologia, compreende o paciente considerando a globalidade do funcionamento psicológico e procura definir, de forma colaborativa, um plano terapêutico com recurso a técnicas e estratégias que permitam uma reestruturação da forma de pensar, uma melhor regulação emocional e comportamentos geradores de autocuidado, permitindo assim a mudança desejada e aumentando os níveis de bem-estar geral.

NÃO DEVERIA SER CAPAZ DE RESOLVER OS MEUS PRÓPRIOS PROBLEMAS?

Todos nós em alguns momentos necessitamos de apoio. Tal como precisamos de profissionais que acompanhem a nossa saúde física, é natural que também beneficiemos de acompanhamento na saúde psicológica. Procurar um profissional de saúde é sinónimo de autocuidado e não de fraqueza.

A psicoterapia é um processo que promove autonomia, consciência e maior capacidade de satisfação das necessidades emocionais.

COMO SEI ESCOLHER O TERAPEUTA INDICADO PARA MIM?

Em primeiro lugar, importa escolher um psicólogo credenciado, inscrito na Ordem dos Psicólogos Portugueses, apto, portanto, a trabalhar consigo. Explorar um pouco do percurso profissional do terapeuta poderá ajudar na decisão.

As primeiras sessões são importantes para perceber o nível de empatia com o psicólogo, bem como para clarificar todas as dúvidas que surjam e assim perceber o seu nível de conforto e confiança no profissional.

Na Transformar, poderá escolher o profissional da equipa com o qual pretende trabalhar ou, se preferir, a direção clínica irá sugerir o psicólogo mais indicado, de acordo com as suas motivações e disponibilidade.

O QUE POSSO ESPERAR DE UMA PRIMEIRA CONSULTA?

A primeira sessão servirá de ponto de partida para um trabalho colaborativo entre terapeuta e paciente. Nesta sessão, o psicólogo procura aferir as motivações para a procura de apoio. A entrevista clínica dará ao profissional uma perspetiva geral da pessoa que tem à sua frente, podendo aferir a indicação para um processo psicoterapêutico, bem como os principais aspetos que beneficiam ser trabalhados.

São explicitadas as condições inerentes ao funcionamento da psicoterapia, apresentadas também sob a forma de acordo terapêutico que o paciente poderá ler calmamente após a primeira sessão e assinar posteriormente, caso concorde com tudo o que lhe é apresentado.

A primeira sessão permite alavancar os objetivos terapêuticos iniciais do processo, melhor definidos e operacionalizados numa segunda sessão. O nível de conforto e empatia observados numa primeira sessão são fatores importantes para o desenvolvimento da aliança terapêutica, motor fundamental da mudança.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE PSICOLOGIA E PSICOTERAPIA?

A psicologia “corresponde ao estudo da mente e do comportamento humano e os pensamentos, as emoções e os comportamentos constituem os domínios de actuação dos psicólogos e psicólogas” (fonte: Ordem dos Psicólogos Portugueses).

O psicólogo é um profissional de saúde que tem formação superior em psicologia e cuja especialidade é reconhecida pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Psicoterapia é um conjunto de estratégias que visam promover a saúde psicológica, existindo vários modelos de abordagem, não sendo uma prática exclusiva para psicólogos.

Existem psicólogos que são também psicoterapeutas; e existem psicoterapeutas que não são psicólogos.

QUAL É A REGULARIDADE DAS SESSÕES?

As sessões individuais têm uma regularidade semanal ou quinzenal, numa fase inicial.

As sessões conjuntas (pais, casais, famílias) têm uma regularidade quinzenal a mensal.

A frequência é definida de forma colaborativa, em função dos objetivos, necessidades e disponibilidade. À medida que os objetivos são alcançados, a cadência é aumentada, até ao fecho/alta do processo, que visa sempre promover autonomia de cada pessoa.

Qual a duração de uma consulta e porque esse tempo?

Normalmente uma consulta tem a duração de 50 minutos a 60 minutos. Esse é o tempo associado a um bom foco e disponibilidade cognitiva, tanto do terapeuta como do cliente. Além disso, haver um tempo definido fomenta o priorizar (e evita a dispersão) acerca dos tópicos principais a serem levados à sessão (contextos, situações específicas, estabelecer objectivos concretos e focados, assim como escolher/priorizar o que gostaria de trabalhar nessa sessão específica).

TEM DÚVIDAS?

Deixe-nos uma mensagem







Li e aceito a Política de Privacidade

Transforme o seu mindset, transforme a sua vida com a Transformar!

Nós podemos ajudar

Contactos

info@transformar.pt

(+351) 966715999

Chamada para rede móvel nacional

Onde Estamos

Sede: Av. António Augusto de Aguiar, nº 17, 1050-012 Lisboa

Polo Qta do Conde: R. Vieira da Silva 1052, 1º, 2975-246 Quinta do Conde

Polo Mafra: Av. Eng. Duarte Pacheco, nº 10, 2640-476 Mafra

Polo Casal de Cambra: Avenida do Brasil, nº 49B, 2605-729 Casal de Cambra

Polo Porto: One Leaf - Rua Sá da Bandeira, nº 766, 2º Dto, 4000-432 Porto

Polo Seixal: Rua Manuel Teixeira de Sousa, nº 35 e 37, 2º andar, Gabinete B, 2840-518 Seixal

Invista na sua melhor versão

Todas as novidades, ofertas, recursos valiosos e muito mais.



    Academia Transformar | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento por Bestsites.pt